Você conhece o Skinbooster?

Vamos conhecer agora um procedimento estético que está agradando cada vez mais as pessoas mais ligadas em ter uma boa aparência facial, que não querem fazer cirurgias ou procedimentos muito invasivos e, até mesmo, aquelas mais jovens que pretendem prevenir e manter-se jovens por mais tempo. E o melhor:  de uma forma discreta e delicada!

O que é o Skinbooster?

É um tratamento de hidratação profunda, que visa melhorar a elasticidade e estrutura dérmica da pele, trazendo um aspecto mais jovem, fresco e natural. Ou seja, devolve à pele: firmeza, tônus, elasticidade e hidratação que diminuem com a idade.

Como age?

O Skinbooster rejuvenesce a pele de dentro para fora, conferindo vitalidade e regeneração da pele danificada pelo tempo e exposição acumulada ao sol.  É composto, também, por ácido hialurônico, que é um componente natural e abundante de nossa pele. Assim, restaura e mantém o equilíbrio hídrico, melhora a elasticidade e a estrutura da pele envelhecida.

Quando é indicado este tipo de tratamento?

Quando há necessidade de rejuvenescimento da pele, suavização de rugas ou melhorar o contorno facial, pescoço, colo ou lábios. Com o envelhecimento, há a diminuição de fibras colágenas e fibras elásticas, assim, a nossa pele fica mais fina, mais enrugada e desidratada. O Skinbooster pode ser uma opção para melhorar a aparência e se sentir melhor consigo mesmo, pois devolve a hidratação, firmeza, elasticidade e melhoria das rugas. Outra indicação interessante a respeito desse tratamento é que ele pode ser indicado, também, para amenizar cicatrizes de acne.
Em quanto tempo começamos a ver os resultados?

Em pouco tempo você percebe uma melhora, mas os resultados são mais visíveis a partir de 30 – 45 dias.

Este tratamento pode ser associado a outros tipos de tratamentos?

Sim. É um tipo de tratamento que se associado com outros métodos, obtemos melhores resultados. (ex: toxina botulínica, peeling, laser e luz pulsada.)

Quantas sessões são indicadas?

Depende do tipo de pele, mas normalmente são indicadas 2 a 3 sessões, com intervalo de um mês entre elas.

Este tratamento pode ser substituído por cremes faciais?

Até poucos anos atrás, apenas cremes e loções eram usados para este fim. No entanto, os cremes têm um limite de penetração e, mesmo sendo usados diariamente, eles não conseguem atingir nem repor em quantidades suficientes estas perdas nas camadas mais profundas da pele. O mercado oferece, inclusive cremes à base de ácido hialurônico, mas a injeção deste produto dentro da pele é, certamente, mais eficiente. Nesse caso, a hidratação acontece de dentro para fora.

Como é realizado?

O composto é injetado através de agulhas curtas e finas. A aplicação é considerada indolor pela maioria das pacientes, uma vez que o procedimento é precedido de anestesia tópica. O procedimento pode ser realizado na face, ao redor dos olhos e pescoço.

Como fica a aparência da pele após o tratamento?

O resultado é muito natural. O procedimento não aumenta o volume e nem preenche sulcos, e sim devolve o brilho, a maciez e a hidratação da pele, além de suavizar linhas finas e de áreas especiais, como pescoço e pálpebras.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

× Agende uma Consulta via Whatsapp